http://photos1.blogger.com/blogger/6685/3938/400/esta.jpg Morango com Chantilly

sexta-feira, outubro 27, 2006

Morango com Chantilly

Morango com Chantilly

acordei de mal humor Minha linda visinha adolecente fez níver ontem e resolveu comemorar fazendo uma discoteca em casa nem precisa dizer que eu só consegui dormir 1h da manha e acordei às 6.....
estou tonta de sono .........
Festa na quinta a noite é demais
até chamei a policia que não veio
muito ocupados.........Nessa cidade que não acontece nada eles deviam estar querendo dormir e eu chateando os coitados é uma pena .....

quinta-feira, outubro 26, 2006

O morro dos ventos uivantes


Sou apaixonada por esse livro .....
amo mesmo e não me canso .....
Adoro reler sabendo o que vai acontecer ,,,,,,,
Parece locura ........mas eu sou assim ...... doida rsrsrsrsr

Eu sou Heathcliff! Se ele sofre, eu sofro; sua felicidade é a minha felicidade
Wuthering Heights (tradução)
Angra
Composição: Kate Bush

Lá fora nos pântanos tempestuosos,
Nós giraríamos e cairíamos no gramado.
Você tinha um temperamento como meu ciúme,
Ardente demais, ávido demais.
Como você pôde me abandonar
Quando eu precisava possuir você?
Eu te odiei, eu te amei também.

Sonhos ruins à noite,
Eles me revelaram que eu perderia a briga,
Deixaria para trás meus
Morros tempestuosos [tempestuosos, tempestuosos]

Heathcliff, sou eu, Cathy, venha para casa.
Sinto tanto frio, me deixe entrar em sua janela.

Oh, fica escuro, fica solitário
Do outro lado, longe de você.
Eu sinto tanta saudade, eu percebo que o destino
Fracassa sem você.
Estou voltando amor, cruel Heathcliff,
Meu único sonho, meu único senhor.

Há muito tempo eu vagueio pela noite,
Estou voltando para o lado dele, para consertar isso.
Estou voltando para casa, para os
Morros tempestuosos [tempestuosos, tempestuosos]

Heathcliff, sou eu, Cathy, venha para casa.
Sinto tanto frio, me deixe entrar em sua janela.

Oh, me deixe possuí-la, me deixe levar sua alma embora.
Oh, me deixe possuí-la, me deixe levar sua alma embora.
Você sabe que sou eu, Cathy.

Heathcliff, sou eu, Cathy, venha para casa.
Sinto tanto frio, me deixe entrar em sua janela...

Vestido vermelho



Há semanas eu venho procurando um vestido vermelho para comprar ....

Sempre não gosto do modelo, do preço, fica grande, apertado

Hj de manha eu achei o que eu queria

A onde?

No meu Guarda Roupa.....

Eu tinha esquecido que tinha um ....... novinho usei duas ou três vezes rsrsrsrs Comprei no Aeroclube em Salvador

Ando louca .....totalmente doida mesmo .....

o ....

Ahhhhh o vestido não é esse não rsrsrsrsr





Trabalho


Realmente é ate engaçado a dificuldade de algumas pessoas em serem elas mesmas .......

viver com o pé na realidade Não sendo ridicula

Se não tentassem tanto ser o que não são, talvez seriam mais felizes

Tento uma aluna que é Agente de Saúde ontem ela estava relatando sua falta de tempo e a agitação de sua vida “muita responsabilidade excesso de reuniões toda hora alguém me liga cobrando ufa! não tenho tempo pra nada parecia um super executiva falando ...rsrsrsr

Um detalhe agente de saúde, pelo menos nessa cidade, não faz nada

E um emprego de salário mínimo mas, só de salário mesmo .......rsrsrs a maior vida mansa

Quem vê ela falando acharia que ela era uma personagem de The West Wing como a C.J. Cregg.

Anderson vive sonhando com o exterior Itália Londres ...Acho que se ele já saiu do Brasil foram poucas vezes, mas vive falando só nisso

“nem n Itália tomei um sorvete assim .....”

“Porque em Londres”

“A Argentina é assim”

“Na Holanda .......”

Vive cheio de dividas um sonhador ............

Hj quando eu vinha pra trabalho encontro um dos empresário, dono de Supermercados, indo trabalhar sentado atrás da caminhonete com os funcionários de bermuda e boné na dele Toda a simplicidade do mundo rssrs

O vida irônica .......rsrstkkkkkkk

Só rindo mesmo e tentando preservar o pé no chão

segunda-feira, outubro 23, 2006


>>> Muito barulho por nada

Quando todo mundo aderir, desconfie; quando todo mundo não aderir, desconfie também. Toda unanimidade – a favor ou contra – é burra, disse Nélson Rodrigues. O Código Da Vinci, o filme, é um caso de unanimidade – burra, lógico – ora a favor, ora contra... Não é, obviamente, um clássico e não vai revolucionar o mundo (palmas, agora). Mas não é totalmente descartável (agora, vaias). Como passatempo, por exemplo, funciona (mais vaias). Claro que toda a divulgação “a favor” erra ao querer atribuir uma importância – histórica – que nem o livro nem sua adaptação têm. (Nem, muito menos, seu autor...) Mas, em matéria de sétima arte – se o cinema é “a maior diversão”, como diz Sérgio Augusto –, desempenha razoavelmente bem seu papel, mais uma vez, dentro do gênero aventura. O problema talvez resida no erro de interpretação – igualmente clássico – do gênero thriller no Brasil. Um suspense é, antes de tudo, um corre-corre, com mistérios, assassinatos e perseguições. E recompensas, e revelações, no final. Não tem a pretensão de profundidade, com a qual às vezes se confunde; nem quer inaugurar um novo paradigma, embora seu marketing, muitas vezes, se sirva disso. No caso de Dan Brown, quem o leva muito a sério como literatura, ou como História, ou, ainda, como religião, está errado, naturalmente. Porque ele não é uma autoridade em nenhum desses assuntos. Mas também quem lhe nega a habilidade de produzir bom entretenimento, para as massas, está sendo um pouco rigoroso demais. Claro que Tom Hanks não está brilhante (porque ele nunca é); nem a “Amélie Poulain reloaded”... Mas são interessantes, por exemplo, as sacadas by Photoshop em torno da Última Ceia de Leonardo – mesmo que diluídas... No nosso atual estado de catatonia (o pós-modernismo), injunções históricas são mais que bem-vindas. Nada de anjos, nada de demônios, cinema, às vezes, é só isso: diversão.

Sexta feira nós fomos em Happy hour com os colegas dele e a chefe tava totalmente bêbada dizendo que adorava ELE que ele estava no coração dela o maior MICO (Olha que o mês passado ela não queria ele na empresa de jeito nenhum........rrsrsrsr )
Como ele é uma das mulheres mais feias que eu já vi ela pode dizer qualquer coisa que não dá pra ter ciúmes .......rsrsrsr
O fds foi péssimo
Primeiro ELE viajou fiquei só em casa vendo filme .......
Não que eu não goste de ficar só as vezes eu até preciso ter um tempo só pra mim .....mas esse fds eu não tava afim.....(gripada irritada insuportável .....) não coloquei o nariz pra fora de casa e hj tô no maior mau humor ......

sexta-feira, outubro 20, 2006



Letras de Música





música


artista


trecho




by letras.mus.br

quinta-feira, outubro 19, 2006

Mais uma briga dessa vez nem brigei só avisei.....
mais uma vez e eu caiu fora .....
cansei

o regime essa semana tá sendo fraco...
Churasco na Terça feira
festa do níver de meu amigo .....Noventa anos não é pra qualquer um Segundo ele o proximo é de 95 (Com essa idade não dá pra esperar muito .......)
Pipoca ontem ....salgada Com leite condensado .....Essa semana eu não perco nem 1/2 quilo.....

sábado, outubro 14, 2006

To aki esperando o Gato pra ir pra rua tá chovendo ele em uma reunião do PT
esse sábado não vai prestar ......rsrsrs
ouvindo musica
a-ha
algem lembra dessa banda?!

sexta-feira, outubro 13, 2006





A cor de um crime
Adorei .......Muuito legal vc sabe mais oumenos o que vai acontecer ams mesmo assim ele te prende ...
Não consegui ir dormir sem ver o final



Assiste

Tarde da noite, num subúrbio de classe média de Nova Jersey, uma mulher ensangüentada aparece muda e estupefata numa sala de emergência do Centro Médico de Dempsy.

Após ser tratada contra choque e histeria, Brenda Martin (Julianne Moore) conta para o detetive de polícia de Dempsy, Lorenzo Council (Samuel L. Jackson) — uma terrível história de que teria sido levada de carro para uma pista isolada de uma área não construída que divide os conjuntos habitacionais da cidade de Dempsy da rica comunidade de Gannon, onde ela mora. Brenda afirma ter sido obrigada a sair de seu carro por um homem negro, mas, durante o depoimento, Council acredita não estar obtendo toda a história. Somente depois de horas de interrogatório é que Brenda finalmente desiste e confessa que seu filho de quatro anos, Cody, estava dormindo no banco traseiro do carro roubado.

Motivados pela ativista Karen Collucci (Edie Falco), membros das comunidades de Dempsy e de Gannon se unem à procura da criança desaparecida, mas a investigação policial em torno do suposto seqüestro por um suspeito que se acredita ser um morador local dos pobres conjuntos habitacionais faz surgir tensões raciais entre as duas cidades a ponto de explodir.

Curiosidades:
» Baseado no romance "Freedomland: Uma História Americana", de Richard Price


"Eu não posso entender
Tanta gente aceitando a mentira
De que os sonhos desfazem
Aquilo que o padre falou
Porque quando eu jurei
Meu amor eu traí a mim mesmo
Hoje eu sei que ninguém nesse mundo
É feliz tendo amado uma vez "

(Raul)



Cansada do regime mas muito feliz com os resultados ........

feriado de Filmes e na linha no dia 15 de novembro eu já quero ir pra piscina ......
O vestido novo que eu comprei .......pra ir pro churasco .....